Instruções

NOTA: O ARTIGO DEVE ESTAR EXATAMENTE NAS NORMAS ABAIXO DESCRITAS (CIENTÍFICA E FORMATAÇÃO), CASO CONTRÁRIO O TRABALHO SERÁ DEVOLVIDO PARA A ADEQUAÇÃO.


1) Tipos de artigo

A REAS/JECH aceita artigos da áreas da saúde no geral redigidos em Português, Inglês e Espanhol. Serão aceitos somente artigos inéditos e originais, e que não estejam em avaliação em nenhum outro periódico simultaneamente.

 

ARTIGOS ORIGINAIS

Máximo de 3.500 palavras, excluindo resumos, figuras e referências

Inclui trabalhos que apresentem dados originais de descobertas relacionadas a aspectos experimentais ou de observação, voltados para investigações qualitativas ou quantitativas em áreas de interesse para a saúde. Inclui estudos observacionais, estudos experimentais ou quase-experimentais e avaliação de desempenho de testes diagnósticos. Quanto à formatação, devem seguir a estrutura convencional: Introdução, Métodos, Resultados, Discussão, Conclusão e Referências.


NOTA: A publicação de artigos que trazem resultados de pesquisas envolvendo seres humanos está condicionada ao cumprimento dos princípios éticos contidos na Declaração de Helsinki, da World Medical Association.


ARTIGOS DE REVISÃO

Máximo de 3.500 palavras, excluindo resumos, figuras e referências

Inclui trabalhos que apresentem uma síntese atualizada do conhecimento disponível sobre temas relacionados à saúde, buscando esclarecer, organizar e simplificar as abordagens. Quanto a formatação, devem seguir a estrutura: Introdução, Métodos, Resultados, Discussão, Conclusão e Referências.

Revisão sistemática e meta-análise: por meio de uma síntese de resultados de estudos originais, quantitativos ou qualitativos, deve objetivar responder a uma pergunta específica e de relevância para à saúde. Descrever o processo e os critérios utilizados para seleção dos estudos incluídos na revisão e os procedimentos empregados na síntese dos resultados

Revisão narrativa/crítica: de caráter descritivo-discursivo, deve se dedica à apresentação compreensiva e à discussão de temas de interesse científico no campo da saúde. Apresentar formulação de um objeto científico de interesse, argumentação lógica, crítica teórico-metodológica dos trabalhos consultados e síntese conclusiva.


ESTUDO DE CASO ou

RELATO DE EXPERIÊNCIA

Máximo de 2.500 palavras, excluindo resumos, figuras e referências

Inclui trabalhos que abordem questões clínicas ou teóricas, relevantes e inovadoras para o diagnóstico e manejo clínico de problemas ou condições de saúde. O artigo deverá apresentar o problema em questão, com breve revisão da literatura sobre os aspectos clínicos e terapêuticos e diagnóstico diferencial em relação ao caso apresentado. O relato deverá ser sucinto, evitando-se dados redundantes ou irrelevantes. A discussão deverá contrapor dados do caso apresentado (semelhanças e diferenças) com dados da literatura. Os manuscritos submetidos a esta seção devem obedecer ao seguinte formato: Introdução, Detalhamento do caso/ Estudo de caso, Discussão e Referências.




2) Normas Específicas

Título

O título deve ser conciso e informativo, limitados 150 caracteres sem espaços, em Português, Inglês e Espanhol com precisão e fidedignidade textual entre os três idiomas.

 

Nome e vínculo dos autores

O(s) nome(s) e o(s) vínculo(s) institucional(ais) do(s) autor(es) do artigo devem ser escritos por extenso, telefone e e-mail. O autor que cadastrar o artigo automaticamente será incluído como autor responsável. A ordem dos nomes dos autores deve ser a mesma da publicação.

 

Autores e Colaboradores

· Os critérios de autoria devem basear-se nas deliberações do International Commitee of Medical Journal Editors

· O reconhecimento da autoria deve estar baseado em contribuição substancial relacionada aos seguintes aspectos:

1)  Concepção e projeto ou análise e interpretação dos dados

2) Redação do artigo ou revisão crítica relevante do conteúdo intelectual

3)  Aprovação final da versão a ser publicada.

Essas três condições devem ser integralmente atendidas por todos autores do trabalho.

NOTA: São permitidos no máximo 15 autores.

 

Resumo

Limitados a 250 palavras, em Português (Resumo), Inglês (Abstract) e Espanhol (Resumen) com precisão e fidedignidade textual entre os três idiomas. Devem estar estruturados em Objetivo, Métodos, Resultados e Conclusões.

Os tópicos (Introdução, Objetivo, Métodos, Resultados e Conclusão) devem ser destacados em negrito.

 

Palavras-chave

No mínimo 3 e máximo 5 (Portugués, Inglês e Espanhol, ao final do respectivo resumo).

As palavras-chave devem constar na base da Biblioteca Virtual em Saúde (http://decs.bvs.br/).

 

Introdução

· Deve ser sucinta, definindo o problema estudado, sintetizando sua importância e destacando as lacunas do conhecimento que serão abordadas no artigo. Deve ser compreensível para o leitor em geral.

·  As siglas e abreviaturas, quando utilizadas pela primeira vez, deverão ser precedidas do seu significado por extenso. Ex.: Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

·  As citações de autores >>NO TEXTO<< deverão seguir os seguintes exemplos:

Ø   Início de frase

o   1 autor - Baptista (2002);

o   2 autores - Souza e Barcelos (2012);

o   3 ou mais autores - Porto et al. (1989);


Ø  Final de frase

o  1, 2, 3 ou mais autores, subsequente (BAPTISTA, 2002; SOUZA e BARCELOS, 2012; PORTO et al., 1989).

Métodos

Devem descrever de forma clara e sem prolixidade as fontes de dados, a população estudada, a amostragem, os critérios de seleção, procedimentos analíticos e questões éticas relacionadas à aprovação do estudo por comitê de ética em pesquisa (pesquisa  com seres humanos e animais) ou autorização institucional (levantamento de dados onde não há pesquisa direta com seres humanos ou animais)

 

Resultados

Devem se limitar a descrever os resultados encontrados, sem incluir interpretações e/ou comparações. O texto deve complementar e não repetir o que está descrito nas figuras.

Se os autores acharem conveniente podem apresentar a seção de Resultado e Discussões em uma mesma seção.

 

Discussão

·  Deve incluir a interpretação dos autores sobre os resultados obtidos e sobre suas principais implicações, a comparação dos achados com a literatura, as limitações do estudo e eventuais indicações de caminhos para novas pesquisas.

·  As figuras, gráficos e/ou tabelas devem ser citados no texto ao final do parágrafo de apresentação dos dados, exemplo: (Figura 1), (Gráfico 1), (Tabela 1).

NOTA: Se os autores acharem conveniente podem apresentar a seção de Resultado e Discussões em uma mesma seção.

 

Conclusão ou Considerações FinaisFina_

Deve ser pertinente aos dados apresentados.

Limitada a um parágrafo final.


Agradecimentos e Financiamento

 

 

Menções em agradecimentos incluem instituições que de alguma forma possibilitaram a realização da pesquisa e/ou pessoas que colaboraram com o estudo, mas que não preencheram os critérios para serem co-autores. Quanto ao financiamento, a informação deverá ser fornecido o nome da agência de fomento por extenso seguido do número de concessão.

 

Referências

·  Máximo de 40 - Devem incluir apenas aquelas estritamente relevantes ao tema abordado.

·  As referências deverão ser numeradas em ordem alfabética conforme os seguintes exemplos:


Ø Artigos:

§  1 autor - JÚNIOR CC. Trabalho, educação e promoção da saúde. Revista Eletrônica Acervo Saúde, 2014; 6(2): 646-648.

§  2 autores - QUADRA AA, AMÂNCIO AA. A formação de recursos humanos para a saúde. Ciência e Cultura, 1978; 30(12): 1422-1426.

§  3 ou mais autores - BONGERS F, POPMA J, MEAVE J et al. Structure and floristic composition of the lowland rain forest of Los Tuxtlas, Mexico. Vegetatio, 1988; 74: 55-80.

NOTA: Não é preciso apresentar o endereço eletrônico “Disponível em” nem a data do acesso “Acesso em”.


Ø  Livros: (NOTA: tente usar apenas artigos científicos, usar livros em casos extraordinários)

§ CLEMENT S, SHELFORD VE. Bio-ecology: an introduction. 2nd ed. New York: J. Willey, 1966; 425p.

§  FORTES AB. Geografia física do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Globo, 1959; 393p.

§  UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. Faculdade de Educação. Laboratório de Ensino Superior. Planejamento e organização do ensino: um manual programado para treinamento de professor universitário. Porto Alegre: Globo; 2003; 400 p.

 Ø  Teses e Dissertações

§  DILLENBURG LR. Estudo fitossociológico do estrato arbóreo da mata arenosa de restinga em Emboaba, RS. Dissertação (Mestrado em Botânica) – Instituto de Biociências. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1986; 400 p.


Ø  Páginas da Internet: (NOTA: usar páginas da internet apenas em casos extraordinários)

§ POLÍTICA. 1998. In: DICIONÁRIO da língua portuguesa. Lisboa: Priberam Informática. Disponível em: htpp://www.dicionario.com.br/língua-portuguesa. Acesso em: 8 mar. 1999.

Figuras

Limitadas a 5 no total (podendo incluir tabelas, gráficos ou figuras); nelas devem constar apenas dados imprescindíveis.

NOTA: As figuras, gráficos e/ou tabelas devem ser citados no texto dos resultados ao final do parágrafo de apresentação dos dados, exemplo: (Figura 1), (Gráfico 1), (Tabela 1).

 


3) Formatação do artigo

Faço o download do modelo  [PDF]

 




Publique seu artigo conosco! Revisão e publicação rápida. Submeta já!
*Qualis B2 (nota máxima) - Consulte a Qualis para a sua área na plataforma Sucupira da CAPES.

Política de Privacidade

Todos os direitos reservados. Qualquer forma de reutilização, distribuição, reprodução ou publicação deste conteúdo é expressamente proibida, estando sujeito o infrator às sanções legais cabíveis, de acordo com a lei 9610/98.
  Site Map